CãesCuidados gerais com cãesDermatologia em cãesDoenças em cães

Picadas de moscas em cães

Picadas de moscas em cães

Algumas moscas picam os animais, pois se alimentam de sangue. A mais comum delas é a chamada “mosca dos estábulos” (Stomoxys calcitrans). Além de sugar o sangue, elas podem, como outras moscas, transmitir doenças e serem veiculadoras de ovos da mosca berneira (ver: berne). É comum ver cães com lesões nas orelhas causadas por picadas de moscas. Essas picadas são dolorosas, causando incômodo ao animal.

Os ferimentos se caracterizam por crostas negras de sangue coagulado nas pontas das orelhas e, algumas vezes, na face do cão. Incomodado, o cão tende a chacoalhar a cabeça com força, para se livrar das moscas. O bater de uma orelha na outra pode resultar em sangramento das pontas das orelhas, ou uma lesão chamada otohematoma (as orelhas do cão ficam muito inchadas pelo acúmulo de líquido sob a pele em decorrência do traumatismo constante).

Ponta da orelha de uma cão picado por moscas

É importante saber que as “moscas dos estábulos” colocam seus ovos nas fezes de animais, principalmente. Assim, para eliminar o parasita quebrando seu ciclo, um dos métodos empregados é recolher sempre as fezes dos animais.

O uso de medicamentos repelentes e cicatrizantes (unguentos, pomadas ou sprays) nas regiões mais afetadas pelas picadas, se faz necessário. Para isso, é necessário consultar o veterinário sobre o que usar em cada caso.

Veja também:
Bernes

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar