CãesCardiologia em cãesDiagnóstico em cãesDiagnóstico em gatosGatos

Ecocardiografia – Diagnóstico em cães e gatos

Ecocardiografia em cães e gatos – Ultrassonografia é uma técnica de imagem para avaliação dos tecidos moles usando ondas sonoras de alta frequência. Representa um dos mais dramáticos avanços na prática da clínica veterinária.

Um número de estudos feitos em cães e gatos estabeleceu seu uso para avaliação quantitativa e qualitativa da função cardíaca

Ecocardiografia – foto: Vetimagem

A ecocardiografia (“ultrassonografia do coração”) permite a avaliação segura e não invasiva do paciente cardíaco com mínimo estresse. Em situações de alto risco, a ecocardiografia pode ser usada para medir o tamanho do coração, fornecer imagens ecocardiográficas em tempo real e, com a utilização do Doppler, avaliar a condição fisiológica do coração. O clínico é informado da anatomia espacial cardíaca e sua função, de forma não invasiva. Tanto um aumento simétrico quanto assimétrico são reconhecidos, o tecido mole pode ser distinguido do líquido, e assim, vegetações e formações neoplásicas podem ser visibilizadas. O movimento cardíaco em relação às estruturas extra-cardíacas pode ser observado e quantificado.

Indicações para se fazer uma ecocardiografia

Avaliação de pacientes com suspeita de cardiopatia (doença cardíaca);
Identificar a causa de uma cardiomegalia (aumento do coração) detectada pelo eletrocardiograma ou radiografia, diferenciando a dilatação de hipertrofia (aumento da musculatura cardíaca);
Avaliar pacientes com sons questionáveis à auscultação cardiopulmonar;
– Identificar a progressão da afecção cardíaca e sua terapia;
– Avaliar a função ventricular esquerda quantitativamente e mensurações;
– Identificar efusões (derrames de líquido) pericárdicas, pleurais, massas pericárdicas
e tumores cardíacos, e corpos estranhos perfurantes;
– Observação do pulmão, massas mediastinais e hérnias diafragmáticas;
Doenças cardíacas congênitas.
– Diagnosticar parasitas do coração (Dirofilariose)

Não há necessidade de sedação do animal para se realizar o exame.

Associação de outros métodos

Para uma boa avaliação cardíaca, seu veterinário deve associar a ecocardiografia ao exame clínico que é de fundamental importância, ao eletrocardiograma e ao Holter que já se encontra na medicina veterinária. Através da ecocardiografia também pode-se sugerir a necessidade de punções guiadas, quando há presença de efusões (líquido livre em tórax).

André Maldonado

Médico veterinário (CRMV SP 7402)

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar