Adestramento de cãesBem-estar animal cãesCãesComportamento de cãesCuidados gerais com cães

Coleira para o cão – como escolher

Quando entramos em uma Pet Shop pensando em comprar uma guia e uma coleira para levar nosso cão para passear, encontramos uma imensa variedade de produtos. São guias, peitorais, enforcadores e coleiras de vários modelos, tamanhos, cores e estampas. De uma maneira geral, as mulheres preferem aqueles acessórios com lacinhos, estampas de desenhos e diversos aviamentos pendurados. Já os homens, quase sempre escolhem enforcadores e acessórios de couro com metais e amortecedores, principalmente se o cão é de porte grande.

Antes de escolher os acessórios para seu cão considere principalmente sua raça, seu porte e idade, ao invés de se preocupar apenas com a estética do produto.

Na verdade, o acessório mais adequado para seu cão é aquele mais simples, confortável e seguro. Veja abaixo a descrição de alguns acessórios e escolha o seu.

Coleira simples

COLEIRA: É a melhor opção para passear com seu cão. Ela precisa ser confortável, resistente e deve estar bem ajustada no pescoço do cão. A largura deve ser compatível com o seu porte, ou seja, nem muito fina e nem muito larga. As mais recomendadas são as coleiras de nylon.

Headcollar

HEADCOLLAR: Se você não consegue conduzir seu cão com uma coleira simples, o headcollar é a sua melhor escolha, principalmente para cães de porte grande e gigante. O headcollar é uma coleira que envolve a cabeça e o focinho do cão, o que torna mais fácil sua condução sem machucar e nem enforcar. É uma espécie de cabresto para cachorro.

A grande vantagem desta coleira é que não há necessidade de grande força física para conduzir o cão, mesmo que seja um Dogue Alemão ou um São Bernardo. Basta fazer com que o cão acostume com a coleira e sair para passear. Existem vários fabricantes deste tipo de coleira. Siga corretamente o manual de instruções de uso dos fabricantes ou procure um adestrador que tenha experiência no uso deste tipo de acessório.

Guia simples

GUIAS: As guias de algodão, de corda, de couro ou nylon com mosquetão giratório são as mais indicadas. O tamanho mais recomendado é 1,5 m. Guias elásticas ou com amortecedores apenas amortecem o impacto e estimulam seu cão a puxar ainda mais. Guias grossas, pesadas e com metais não são práticas e são desconfortáveis para ambos. Guias muito finas são difíceis para segurar.

Guia retrátil

A guia deve ser leve e resistente mas compatível com o tamanho do cão. Evite utilizar guia retrátil pois ela estimula o cão a puxar. Para permitir uma maior movimentação do cão utilize uma guia longa de 10 metros de nylon, corda ou algodão.

Peitoral: existem vários modelos

PEITORAL: Pode ser uma boa opção mas apenas para cães bem pequenos. Como o peitoral estimula o cão a puxar, quanto maior o cão, maior será a dificuldade para conduzi-lo.

Enforcador de nylon

ENFORCADOR: A função do enforcador durante o passeio é causar um desconforto no cão sempre que ele puxar a guia, ou seja, enforcá-lo. Existem vários modelos de enforcadores: O enforcador de elos de metal, de corda, couro e nylon são os mais comuns. Eles costumam funcionar bastante mas quando não são utilizados corretamente podem ferir o cão. Além disso, como na maioria da vezes os enforcadores são utilizados sem orientação profissional o que acaba ocorrendo é que o cão se acostuma com o desconforto do enforcador e continua puxando a guia, sendo assim enforcado o tempo todo durante o passeio.

Se mesmo assim você pretende usar enforcadores, utilize os de corda, nylon ou de couro. Estes são mais confortáveis e seguros para seu cão. O enforcador deve estar bem ajustado no pescoço do cão e a largura deve ser compatível com o seu porte, ou seja, nem muito fino e nem muito largo.

Enforcador com limitador

ENFORCADOR AJUSTÁVEL COM LIMITADOR: Ao contrário dos enforcadores comuns, esses enforcadores podem ser ajustados para enforcar o cão apenas até um determinado ponto, sendo assim mais seguros para seu cão. Além do limitador, o enforcamento ocorre em dois pontos diferentes do pescoço do cão, na parte de cima, reduzindo assim as chances de machucá-lo. Se realmente pretende usar
um enforcador para passear com seu cão tenha certeza que essa é uma opção bem mais segura do que os enforcadores comuns.

Enforcador de garra: não é recomendado!CARRANAS (ou enforcador de garra): São coleiras com grampos que ferem o pescoço do cão. Quanto mais ele puxa, mais se machuca, podendo até perfurar a traqueia, portanto, na minha opinião, não devem ser usadas.

Na maioria das vezes, uma simples coleira e uma guia é tudo que você precisa para passear com seu cão. Escolha corretamente o acessório para seu cão e bom passeio!

André Barreto

Treinador de cães

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar