NotíciasUncategorized

Cachorros são como membros da família no Brasil

A World Animal Protection divulgou o resultado da pesquisa de como é o tratamento dos cachorros nos cinco países pesquisados, sendo eles: Brasil, Quênia, Tailândia, China e Índia.

De acordo com a pesquisa feita pela World Animal Protection, o Brasil é o país que mais tem cães em casa e deles 94% são considerados como membros da família e cuidados como tal.

Em questões de cuidados básicos como garantir comida e aguá, cama e atendimento veterinário o Brasil foi destaque com resultados acima de 90%.

Porém, mesmo sendo destaque nos cuidados básicos, deixou a desejar na questão de abandono dos cachorros. Mesmo que a maioria não concorde com as pessoas que abandonam os cães, apenas 24% pensam ou já adotaram os de ruas. Mesmo sendo um resultado baixo, os outros países conseguiram ser pior ainda com apenas 17%, ou seja, os animais abandonados nos cinco países pesquisados, dificilmente conseguiram um lar em que poderão ter os cuidados básicos para sobrevivência.

Apesar disso, quase metade dos entrevistados ajudam de algum modo os animais de ruas, dando-lhes alimento, água, brincando, dando abrigo e até (mesmo que uma pequena parcela dos entrevistados) levam para veterinários.

Com esta pesquisa foi lançado junto uma campanha mundial chamada A vida é melhor com cães, com a intenção de mostrar para a população as questões de abandonos dos cachorros e a falta de cuidados básicos que eles acabam sofrendo, e também histórias de cachorros que fizeram diferença na vida de alguém.

Rosângela Ribeiro, gerente de programas veterinários:

“A campanha é uma grande celebração, queremos provar o papel fundamental dos cachorros em nosso dia a dia. Por meio dela, vamos estimular ações que promovam o bem-estar dos cães e o convívio saudável com as comunidades”, explica Rosângela Ribeiro, nossa gerente de programas veterinários.

Fonte: World Animal Protection

Botão Voltar ao topo
Fechar